Presidente do CIGA participa do painel “Fórum Municipalista de Consórcios Públicos”

A XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, realizada neste mês em Brasília, contou com mais de 10 mil participantes e teve como central o tema “Unidos pelo Brasil”. Com isso, os consórcios públicos tiveram um destaque especial no encontro, principalmente pelo fato de promoverem essa união dos municípios em prol de objetivos em comum.

Uma das programações da Marcha foi o painel “Fórum Municipalista de Consórcios Públicos”, que contou com a participação do presidente do CIGA, Robson Jean Back. A oportunidade permitiu apresentar – de forma breve – o CIGA, seu propósito e alguns dos números alcançados em 12 anos de história.

Necessidades tecnológicas dos municípios

O presidente do CIGA destacou que o objetivo do CIGA é tornar as cidades inteligentes e sustentáveis. Por isso, se dedica a suprir as necessidades tecnológicas dos municípios que são muitas, principalmente as que o mercado não atende.

“Nós, prefeitos, viemos a Brasília participar da Marcha, fazemos reivindicações aos governantes, pleiteamos recursos financeiros, mas também precisamos fazer o dever de casa e a tecnologia nos auxilia muito nisso” ressaltou Robson. Na sequência, o presidente destacou que o CIGA cumpre esse papel de promover a economia de recursos por meio do ganho em escala e do compartilhamento de custos entre os municípios consorciados.

Por fim, o presidente ressaltou o quanto o CIGA pode ajudar os municípios, com isso municípios de diversos Estados do país estão fazendo parte do consórcio. Robson deixou o convite aos prefeitos que ainda não fazem parte de nenhum consórcio de informática – principalmente dos Estados que não têm consórcio – para que conheçam os diferenciais e vantagens do CIGA.  

CIGA em números

318 consorciados;

291 consorciados em Santa Catarina;

10 Estados têm municípios consorciados;

7 capitais são consorciadas;

8 sistemas disponíveis;

16 milhões de pessoas alcançadas.

Foto: Divulgação/CIGA